Portal   |   Hospedagem   |   Pesquisar  
Registrar  Entrar
Índice do fórum Linux Artigos


Siga-nos:
Siga lnxtotal on Twitter

Guia Pós Instalação Debian 9

   
Área para a postagem de artigos sobre linux.

Moderadores: Fundador, Moderadores

Guia Pós Instalação Debian 9

Mensagempor ruy » 11 Jul 2017, 17:30

2017 - Julho




DEBIAN 9 - GUIA PÓS INSTALAÇÃO - Julho - 2017- HOME COMPUTER


Quero usar o Debian simplesmente para coisas do dia a dia. Rotina. Lazer. Diversão e de vez em quando algum trabalho.


O Debian atualmente é a maior distribuição Linux do mundo creio eu. Não pertence a empresa nenhuma. É gratuito free-open-source sem fins lucrativos. Merece doações e muito patrocínio e tem o que merece. Continuando...


Tudo certo instalar o Debian-9 no meu computador. Vídeos tutoriais para particionamento de HD e instalação do Debian tem muito e de muitos tipos na internet. Principalmente no Youtube.



Pesquiso, monto um tutorial para mim enquanto estou instalando. Tento aprender alguma coisa com meus erros e conserto o que posso. Depois o que consegui resolver salvo em arquivo, estas ações anotadas se tornam um diário. Algumas vezes chamo isto de artigo, outras de vezes digo que são crônicas. Então eu publico.



DEBIAN 9 - GUIA PÓS INSTALAÇÃO


Eu primeiro baixei a ISO pequena Netinstall. Um pouco mais de 300MB rapidinho. Depois de baixar ela conferi a integridade da midia baixada.


Verificando a autenticidade dos CDs do Debian no site oficial.


Tudo OK. Aí pensei:


"Vou gravar este arquivo ISO em um pendrive, mas como?"


Peguei um DvD e usei outra Distribuição Linux para gravar a ISO NetInstall do Debian9 com um programa chamado K3B. Gravei também um pendrive USB rápido e fácil com um programa do Gnome que faz isto e já vem pré-instalado.



O interessante para mim, é ver os sistemas operacionais mudando experimentar as mudanças, configurar, errar pesquisar e anotar.


Se tem um coisa que eu aprendi vivenciando o mundo Linux com seus sistemas operacionais para eu um "average joe" é que a tecnologia não muda dia-a-dia. Muda de hora em hora, toda hora sem parar. É fascinante. Impressionante. Uma loucura.


Quem usa o sistema operacional mais usado do mundo, o Android (que é um sistema Linux) em smartphones hora entende isto, visto o tanto de atualizações e novos programas que aparecem diariamente fora a quantidade absurda de update que estes programas Android pedem se você deixar seu computador de bolso na atualização automática (não faça isto).


Quanto mais coisa instalada mais pesado as coisas ficam. Tem muito programa que eu não uso e o sistema vindo leve e limpo, eu posso instalar o que eu quero e o que acho mais adequado ao ambiente MATE que eu escolhi para usar. Isto não quer dizer que não vou instalar uma porrada de programas como você verá nestas anotações.


Ao instalar o Debian9 ele determina que sejam estabelecidas duas senhas. A tua e a de Root, como sou preguiçoso, coloco a mesma senha com mais de 14 digitos (letras maiúsculas, minúsculas, símbolos e números) nos dois.


Olha pessoal, é bom criar boas senhas, longas senhas mas, se um profissional tentar invadir; isto não para o invasor, apenas demora mais tempo.


Agora, o que um "average joe" como eu teria a oferecer a um bom profissional em invasões? Isto não quer dizer que a cada 3 ou quatro dias eu não faça backup offline das coisas que gosto e mantenho fora de qualquer sistema operacional. Isto não quer dizer que não limpo minha máquina e navegador constantemente e também não quer dizer que periodicamente eu não troco minhas senhas do sistema e do roteador. Mas quando uma pessoa quer arrebentar a porta e entrar, se ela souber como fazer e tiver as ferramentas, ela entra. É só uma questão de tempo, como ja me disseram.



Após instalar a primeira coisa que eu faço, é abrir o terminal que está no menu sistema e digitar:


su


Aperto enter


Digito a senha e aperto enter executo os comandos abaixo:


apt-get update ; apt-get upgrade -y


Aguardo o sistema ser atualizado. Poderia fazer a atualização usando os comandos abaixo também sem entrar como administrador (su) porque o su já está incluido no comando de atualização, pois é, a gente enche o saco de ficar digitando apt-get (a vida inteira sim):



apt-get install aptitude -y


exit


su -c 'aptitude update'


su -c 'aptitude full-upgrade'

.


Coloco os dois comandos acima juntos:


su -c 'aptitude update' ; su -c 'aptitude full-upgrade' ; su -c 'aptitude install -f'


.

IMPORTANTE:


Eu tenho que configurar o sudo. Para eu poder abrir o terminal e poder usar por exemplo o comando sudo apt update, enquanto eu não configurar o sudo não poderei usar.

.

Um terminal está atualizando o sistema, abro outro terminal pra esta outra tarefa. CONFIGURO O SUDO PARA O MEU USUÁRIO enquando o sistema está sendo atualizado com o comando abaixo:


su -c 'adduser nome-de-usuário sudo'


.


Espero a atualização do sistema acabar.
Encerro a sessão e volto ao sistema e reinicio com o comando:



su -c 'shutdown -r now'



.

Ou sendo o administrador do sistema:


shutdown -r now



.

CONFIGURANDO A SOURCES.LIST DO DEBIAN9 STRETCH


Posso fazer uma cópia de segurança com o comando abaixo:



mv /etc/apt/sources.list /etc/apt/sources.list.bkp




Agora eu edito o source.list do Debian 9 com o comando que usará o editor de texto disponivel no meu Debian 9 (gedit, pluma, leafpad, mousepad, nano e outros):


sudo pluma /etc/apt/sources.list



Abre-se o arquivo de texto sources.list. Apago tudo nele, colo o texto abaixo, salvo o texto e fecho o Pluma.



## Arquivo Sources.list

# Atualizações de Segurança
# Security updates
deb http://security.debian.org/ scratch/updates main contrib non-free
deb-src http://security.debian.org/ scratch/updates main contrib non-free

## Espelho Debian

# Base de dados do repositório
# Base repository
deb http://ftp.br.debian.org/debian scratch main contrib non-free
deb-src http://ftp.br.debian.org/debian jessie main contrib non-free

# Atualizações estáveis
# Stable updates
deb http://ftp.br.debian.org/debian scratch-updates main contrib non-free
deb-src http://ftp.br.debian.org/debian scratch-updates main contrib non-free

# backports estáveis
# Stable backports
deb http://ftp.debian.org/debian scratch-backports main contrib non-free
deb-src http://ftp.debian.org/debian scratch-backports main contrib non-free

#Multimedia
deb http://www.deb-multimedia.org scratch main non-free
deb-src http://www.deb-multimedia.org scratch main non-free

# Atualizações Propostas
deb http://ftp.debian.org/debian scratch-proposed-updates main contrib non-free




>>OU POSSO USAR ESTA OUTRA SOURCE.LIST ABAIXO:




#####################################################################
# Repositórios Oficiais #
######################################################################

deb http://ftp.br.debian.org/debian/ stretch main contrib non-free
# deb-src http://ftp.br.debian.org/debian/ stretch main contrib non-free

deb http://ftp.br.debian.org/debian/ stretch-updates main contrib non-free
# deb-src http://ftp.br.debian.org/debian/ stretch-updates main contrib non-free

deb http://security.debian.org/ stretch/updates main contrib non-free
# deb-src http://security.debian.org/ stretch/updates main contrib non-free

## Debian Stretch Backports
# deb http://ftp.br.debian.org/debian stretch-backports main contrib non-free
# deb-src http://ftp.br.debian.org/debian stretch-backports main contrib non-free

#####################################################################




Ao editar a source.list eu acabo de dizer ao sistema, para que ele busque os pacotes da distribuição ESTÁVEL, sem abrir mão de software mais recente (atualizado), incluindo os pacotes não livres.



Se estivesse usando o editor de texto nano eu salvaria o arquvo de texto com ctrl+O, enter, ctrl+X .



De volta a janela do terminal, eu executo os seguintes comandos para inserção da chave keyring e atualizar os mesmos. Tranquilo.



sudo aptitude update ; sudo aptitude install deb-multimedia-keyring ; sudo aptitude update




AÍ EU ATUALIZO O SISTEMA COM O COMANDO ABAIXO:




sudo aptitude update ; sudo aptitude full-upgrade




DEPOIS EU REINICIO O SISTEMA:




sudo shutdown -r now




Aperto enter e o sistema vai reinicializar. Quando reinicializa, eu volto para este meu tutorial. Há quem diga que eu gosto muito de reboot e que não há necessidade alguma de tudo isto. Eu sou um estudante e deste jeito e estou fazendo com o meu sistema e com o meu hardware as minhas custas, depois de muitas instalações de Debian me sinto bem, o que mais posso dizer?




ENTÃO, INSTALLO FIREWALL E SANDBOX:



sudo aptitude install gufw firejail seahorse ; sudo aptitude update




Como agora parece estar tudo funcionando bem na minha máquina não vejo necessidade de atualizar o Kernel. Mas se eu fosse atualizar, faria assim:



"Usar uma versão mais atual do seu kernel pode trazer benefícios, principalmente no suporte ao seu hardware.



Para saber quais versões do kernel estão disponíveis, uso o comando search como administrador":



su



Aperto enter e digito a senha.



aptitude search linux-image



Aparecerá algo parecido com isto no terminal:




i A linux-image-3.16.0-4-amd64 - Linux 3.16 for 64-bit PCs

p linux-image-3.16.0-4-amd64 dbg - Debugging symbols for Linux 3.16.0-4-amd64

p linux-image-4.4.0-1-grsec-amd64 - Linux 4.4 for 64-bit PCs, Grsecurity protection

p linux-image-4.5.0-0.bpo.2-amd64 - Linux 4.5 for 64-bit PCs

p linux-image-4.5.0-0.bpo.2-amd64-dbg - Debugging symbols for Linux 4.5.0-0.bpo.2-amd64
i linux-image-amd64 - Linux para computadores de 64 bits (meta-pacote)

p linux-image-amd64-dbg - Debugging symbols for Linux amd64 configuration (meta-package)

p linux-image-grsec-amd64 - Linux image meta-package, grsec featureset





"A sua lista pode ser diferente da minha, portanto tenha cuidado na sua escolha."


Se você tem dúvidas sobre o assunto, pesquise.


"No meu caso, para instalar o kernel 4.5, uso o seguinte comando":




aptitude install linux-image-4.5.0-0.bpo.2-amd64




"Quando você reiniciar o sistema, já estará usando o novo kernel.
Para se certificar disto, use o comando uname":



uname -r




Sobre a atualização do Kernel a fonte é:


https://elias.praciano.com/2016/05/o-qu ... -o-debian/





Agora eu começo a instalar programas e se tiver algum programa novo interessante que eu não conheço e fico sabendo eu pesquiso e instalo só pra ver se é util para mim, desde que possa saber se é de boa procedencia.



Primeiro eu posso instalo alguns codecs, mas antes eu posso instalar reprodutor de midia e se a máquina reproduzir bem video e música talvez não precise instalar codecs...




sudo apt install smplayer vlc clementine -y ; sudo apt update && sudo aptitude upgrade -y



TESTO MEDIA DE ÁUDIO E VIDEO. NÃO VOU INSTALAR CODECS AGORA.



MAS SE FOSSE INSTALAR CODECS:


sudo aptitude install libavcodec-extra


sudo aptitude install gstreamer0.10-plugins-ugly gstreamer0.10-plugins-bad gstreamer0.10-fluendo-mp3 gstreamer0.10-pulseaudio


sudo aptitude install libgstreamer-perl libgstreamer-interfaces-perl





INSTALANDO OS PRIMEIROS PROGRAMAS



Os primeiros programas que eu geralmente instalo são Conky-manager, o reprodutor de midia VLC, o editor de texto Mousepad, o Fbreader, o mcomix, o comix, o Calibre, o Sigil, o youtube-dl, o cliente de email Thunderbird, os geradores de senha pwgen e makepasswd, para pacotes zip e rar instalo o unrar e o p7zip e p7zip-plugins. Para música instalo o Clementine. Para torrents instalo o Transmission. Meu navegador favorito já vem pré-instalado.



Eu JÁ INSTALEI o VLC usando aptitude ou o synaptic:



sudo aptitude install vlc ; sudo aptitude update




Assim que o VLC abrir já houve tempo que na primeira vez que eu tenho que ir em ferramentas → preferencias → Video e escolher em Saída a Saída de Vídeo do X11 (XCB) se não quando o VLC for reproduzir um video ele fecha automaticamente pois a saida estava em automático. MAS DESTA VEZ NÃO PRECISO.






Para instalar o Conky-Manager os métodos ou são muitos ou mudam de tempos em tempos. Atualmente tento este:




Baixo o pacote .deb no site do Conky e instalo com o gdebi. Instalo programas que usarão os sensores da máquina pelo terminal com o comando abaixo:



sudo aptitude install curl lm-sensors hddtemp




Instalo o Mate Tweak no Debian 9 Mate, procuro o pacote .deb compatível baixo ele e instalo com o gdebi. Exemplo abaixo:



sudo apt-get update


sudo apt-get install gdebi



sudo gdebi mate-tweak_3.5.2a-1_all.deb


sudo apt-get update


sudo apt-get upgrade



Baixo o pacote .deb e instalo com o gdebi em:



http://ftp.br.debian.org/debian/pool/ma ... -1_all.deb




Abro o programa em Sistema >> Centro de Controle >> MATE Tweak. Com o MATE Tweak aberto configuro meu desktop. Fica do jeito que eu quero.





Bom, eu resolvo saber alguma coisa sobre a minha CPU. Eu vou usar o comando cat:



cat /proc/cpuinfo



O comando acima me diz o que eu quero saber sobre minha CPU.





Agora eu quero e vou instalar fontes extras com o comando abaixo:


sudo aptitude install ttf-freefont ttf-mscorefonts-installer ttf-bitstream-vera ttf-dejavu ttf-liberation




Decido instalar Flash Plugin, Icedtea Plugin e Pepperflash Plugin com os comandos abaixo:



sudo aptitude install flashplugin-nonfree



sudo apt-get install icedtea-plugin



sudo aptitude install pepperflashplugin-nonfree



Instalo estes programas (sugestão) caso desinstale algum, é só voltar aqui e instalar novamente.



sudo aptitude update ; sudo aptitude install bleachbit gimp shotwell gparted gnome-disk-utility scratch geany musique transmission uget pinta smplayer wget liferea thunderbird gnugpg enigmail gedit gdebi dreamchess calibre comix mcomix fbreader youtube-dl musique p7zip unrar rar audacity thermald lm-sensors gconjugue firejail inkscape pinta mtpaint file-roller parcellite clementine chromium midori w3m fortune cowsay fortunes fortunes-br finger git bc links e-links ; sudo aptitude update ; sudo apt-get check ; sudo aptitude update ; sudo aptitude upgrade






ICONES E TEMAS




INSTALO MOKA VIA TERMINAL


Baixo Moka via terminal adicionando: wget


Depois, instalo com o comando: sudo dpkg -i


E instalo dependencias do Moka com: sudo apt-get install -f



Fica assim comandos separados por: " ; "




wget https://launchpad.net/~moka/+archive/ub ... .1_all.deb -O moka.deb ; sudo dpkg -i moka.deb ; sudo apt-get install -f


.

Debian
Arc Icon Theme




Baixo primeiro o arquivo .deb Moka-Icon-Theme e instale com o Gdebi. Para isto visito esta página:


https://launchpad.net/~moka/+archive/ub ... /+packages





Debian
ICONES NUMIX


sudo su -



senha e enter copie e cole



apt-get update ; apt-get install git ; mkdir numix; cd numix && git clone https://github.com/cldx/numix-gtk-theme && git clone https://github.com/numixproject/numix-icon-theme && git clone https://github.com/numixproject/numix-icon-theme-circle && mv numix-gtk-theme /usr/share/themes && mv numix-icon-theme/Numix/ /usr/share/icons && mv numix-icon-theme-circle/Numix-Circle/ /usr/share/icons; cd - && rm numix -rf




.


Debian
Icones Victory



wget https://launchpad.net/~noobslab/+archiv ... es_filter= -O victory-icons.deb



Instalo pacote com o comando:


sudo dpkg -i victory-icons.deb




Caso seja necessário, instale as dependências do pacote com o comando:



sudo apt-get install -f


.



LENDO LIVROS E QUADRINHOS NO DEBIAN.


sudo apt-get update ; sudo apt-get install calibre fbreader comix mcomix qcomicbook cbrpager ; sudo apt-get install -f ; sudo apt-get update ; sudo apt-get upgrade


.


CALIBRE, INSTALAÇÃO BINÁRIA


.


sudo -v && wget -nv -O- https://raw.githubusercontent.com/kovid ... staller.py | sudo python -c "import sys; main=lambda:sys.stderr.write('Download failed\n'); exec(sys.stdin.read()); main()"



Para administrar arquivos torrent uso o Transmission. Tem muitos outros mas acho o Transmission o melhor atualmente. Comando abaixo:


sudo apt install transmission -y ; sudo apt update




INSTALANDO E HABILITANDO O FIREWALL



INSTALE


FIREWALL



apt-get install ufw gufw ; apt-get install -f




Adiciono deny rule ao firewall.



ufw default deny




Ative o Firewall:



ufw enable



Verifico o status do firewall:

.

ufw status

.

ufw status verbose

.



INSTALO KEEPASS2



Proteja suas senhas com Keepass2



sudo apt-get install keepass2 keepass2-doc mono-dmcs xdotool libgluezilla -y ; sudo apt-get install -f ; sudo apt-get update ; sudo apt-get upgrade




UM BREVE RESUMO SOBRE COMO UTILIZAR O KEEPASS2


O KeePass é um software de gerenciamento de senhas open source e multi plataforma (essas duas palavras já fazem falar bem dele), porém, não só isso, ele é extremamente seguro, trabalha com algoritmos de criptografia de alto nível (como AES 256 e Twofish), tem suporte a diversas extensões que nos ajudam em alguns trabalhos etc. O primeiro passo para começar a utilizar o programa é instalá-lo em seu computador com foi ensinado acima. Após instalá-lo, você deverá abri-lo, caso seja seu primeiro acesso ao programa, ele abrirá uma janela. Após abri-lo, clique em "New" para criar um novo "banco de dados" para armazenar sua senha. Feito isso, abrirá uma janela, você deverá salvar como o nome que lhe desejar. Após salvar, ele irá mostrar uma tela para que você digite uma senha e/ou que você crie/use um arquivo como senha. Pode utilizar apenas a senha mesmo, mas vai do gosto do freguês. Caso você queira ver a senha digitada, basta clicar no ícone com as reticências que ele irá lhe mostrar. Nesta nova janela que será mostrada, você terá acesso as opções separadas por abas. Geralmente só modificar o nome do banco de dados e a descrição na primeira aba, já satisfaz, então, deem uma olhada antes de criar o arquivo. Após criado o banco de dados, lhes será apresentada outra tela, nela você tem no campo esquerdo "Abas", com os nomes dos grupos padrões (que podem ser renomeados ou deletados). Ao selecionar o item "Banco", ou seja, lá qual o nome que você deu a ele, irá aparecer ao centro todos os itens cadastrados. Após isso, crie um novo grupo ou vá em um dos já criados e crie uma nova entrada clicando no grupo que deseja, e com o botão na área central. Na nova entrada, preencha como achar melhor. No campo "Notas", o item mais interessante em minha opinião, você pode fazer uma mini documentação para caso dê problema no servidor. Você terá uma ideia do que irá encontrar, como por exemplo os serviços, IP padrão da maquina etc. Após concluir tudo, é só salvar o arquivo e levar para onde quiser (movê-la para o Smartphone, tablet etc).


Este software ajuda muito, não só na gerência das senhas, mas servindo também como uma mini documentação, de forma que não fique mais perdido com os servidores.





JOGOS - GAMES - existem muitos jogos entre eles, tem estilo Arcade (games retro) para jogar tem por enquanto uns 300 jogos Arcade todos gratuitos.


Existe o Steam para Debian Linux e o PlayonLinux, que junto com o programa Wine, serve para rodar games do Windows no Debian.



sudo apt-get install pingus flightgear neverball pychess gnome-chess frozen-bubble ; sudo apt-get install -f ; sudo apt-get update ; sudo apt-get upgrade ; sudo apt-get install -f



sudo aptitude install steam


sudo aptitude install playonlinux




VERIFICANDO SE O COMPUTADOR ESTÁ INFECTADO:



Chkrootkit Software



Chkrootkit – chkrootkit ferramente que checa sinal de rootkit. Para instalar:



sudo apt-get install chkrootkit ; sudo apt-get install -f





PROCURO POR ROOTKITS:



sudo chkrootkit





VERIFICANDO SE O COMPUTADOR ESTÁ INFECTADO USANDO O RKHUNTER SOFTWARE:



rkhunter - rkhunter (Rootkit Hunter) ferramenta Unix-based que busca rootkits, backdoors e possiveis local exploits.



Rkhunter busca por rootkits e malware. Também verifica se comandos foram modificados, se o system startup files foi modificado, e various checks na interface de rede, verifica também por listening applications. Para instalar rkhunter digite:


sudo apt-get install rkhunter ; sudo apt-get install -f




COLOCO O RKHUNTER PARA TRABALHAR:



sudo rkhunter --check (dois tracinhos antes do check)




Verifico se existe rkhunter update:



sudo rkhunter --update





PROBLEMAS COM O RELÓGIO DO SISTEMA? UM TÉCNICO ABRE E TROCA ALGUMA COISA DO HARWARE DEPOIS O SISTEMA FICA COM O HORÁRIO ERRADO. DÁ PROBLEMA PARA NAVEGAR ENTRE OUTRAS COISAS.


sudo apt-get install ntp ; sudo apt-get install -f


sudo su


DIGITO A SENHA. DEPOIS EXECUTO O COMANDO ABAIXO:



ntpdate pool.ntp.br




EXEMPLO DO RESULTADO:



# 21 Nov 19:21:24 ntpdate[32349]: the NTP socket is in use, exiting





SOBRE SANDBOX FIREJAIL:



Firejail Sandbox - Proteja seus aplicativos que entram em contato com a rede usando a sandbox chamada Firejail. O jeito mais fácil que conheço é instalar o pacote .deb do firejail usando Gdebi.



Link para baixar o pacote .deb


https://sourceforge.net/projects/fireja ... b/download




SE O FIREJAIL ESTÁ NOS REPOSITÓRIOS DEBIAN, É SÓ EXECUTAR OS COMANDOS ABAIXO:



sudo su


apt-get update ; apt-get install firejail ; apt-get install firetools ; apt-get install -f



DEPOIS APLICO ESTE COMANDO ABAIXO NO TERMINAL:



sudo apt-get update ; mkdir -p ~/.local/share/applications; for profile in $(basename -s .profile /etc/firejail/*.profile); do if [[ -f /usr/share/applications/$profile.desktop ]]; then sed -r 's/^(Exec=)/\1firejail /' /usr/share/applications/$profile.desktop > ~/.local/share/applications/$profile.desktop; echo $profile configured to run in firejail; fi; done ; sudo aptitude update





CONFIGURAR O RELÓGIO DIGITAL DO DEBIAN LXDE




Para configurar o relógio digital, com o botão direito do mouse > em cima das horas > clique em: configurações de "relógio digital".



%A, %E de %B de %Y - %H:%M:%S


OU:


%A, %e de %b de %Y - %H:%M:%S


OU:


%a %e %b %Y - %H:%M





TEAMVIEWER - AMD64




wget http://download.teamviewer.com/download ... _amd64.deb -O teamviewer.deb ; sudo dpkg -i teamviewer.deb ; sudo apt-get install -f



PARA REMOVER O TEAMVIEWER



sudo apt-get remove teamviewer ; sudo apt-get autoremove





INSTALO CONKY-MANAGER:


Baixo neste Link:


https://dl.dropbox.com/u/67740416/linux ... 4.deb?dl=1





INSTALO
GRUB-CUSTOMIZER



wget https://launchpad.net/~danielrichter200 ... _amd64.deb -O grub-customizer.deb ; dpkg -i grub-customizer.deb ; apt-get install -f




PARA DESINSTALAR



apt-get remove grub-customizer ; apt-get autoremove





ALGUNS PROGRAMAS PARA INSTALAR EM TODOS OS LINUX (OU EM QUASE TODOS)




PARA LINUX AMD64





-----------------------
INSTALAR O STREMIO NO LINUX
-----------------------


Removendo qualquer coisa previamente instalada:


sudo rm -Rf /opt/stremio

sudo rm -Rf /usr/bin/stremio

sudo rm -Rf /usr/share/applications/stremio.desktop




Baixando com wget:




wget http://dl.strem.io/Stremio3.6.5.linux.tar.gz -O stremio.tar.gz



sudo mkdir /opt/stremio


sudo wget https://www.macupdate.com/images/icons256/56058.png -O /opt/stremio/stremio.png



sudo tar -vzxf stremio.tar.gz -C /opt/stremio/



sudo ln -sf /opt/stremio/Stremio.sh /usr/bin/stremio



echo -e '[Desktop Entry]\n Version=1.0\n Name=stremio\n Exec=/opt/stremio/Stremio.sh\n Icon=/opt/stremio/stremio.png\n Type=Application\n Categories=Application' | sudo tee /usr/share/applications/stremio.desktop




OBS:
Vejo que existe [Desktop Entry], Version, Name, Exec, Icon, Type, Categories. Estes sete itens devem ser informados ao sistema pelo administrador. As informações formecidas variam de programa para programa.




Continuando, eu executo os comandos abaixo:

#O comando chmod tem a ver com permissões.


sudo chmod +x /usr/share/applications/stremio.desktop


#O comando cp copia.


cp /usr/share/applications/stremio.desktop ~/Área\ de\ Trabalho/







-----------------------
INSTALAR O POPCORN-TIME
-----------------------



Removendo qualquer coisa previamente instalada:



sudo rm -Rf /opt/popcorntime

sudo rm -Rf /usr/bin/Popcorn-Time

sudo rm -Rf /usr/share/applications/popcorntime.desktop




Baixando com wget:


wget https://get.popcorntime.sh/build/Popcor ... -64.tar.xz -O popcorntime.tar.xz




Executo os comandos abaixo:



sudo mkdir /opt/popcorntime



sudo tar Jxf popcorntime.tar.xz -C /opt/popcorntime/



sudo ln -sf /opt/popcorntime/Popcorn-Time /usr/bin/Popcorn-Time



echo -e '[Desktop Entry]\n Version=1.0\n Name=popcorntime\n Exec=/opt/popcorntime/Popcorn-Time\n Icon=/opt/popcorntime/src/app/images/icon.png\n Type=Application\n Categories=Application' | sudo tee /usr/share/applications/popcorntime.desktop






OBS:
Vejo que existe [Desktop Entry], Version, Name, Exec, Icon, Type, Categories. Estes sete itens devem ser informados ao sistema pelo administrador. As informações formecidas variam de programa para programa.




Continuando, eu executo os comandos abaixo:



sudo chmod +x /usr/share/applications/popcorntime.desktop



cp /usr/share/applications/popcorntime.desktop ~/Área\ de\ Trabalho/




Agora é digitar:


/opt/popcorntime/Popcorn-Time



E apertar a tecla TAB





OBS:
No caso da Instalação do Telegram:


No deepin 15.4 para o atalho eu usei:
[Desktop Entry]
Version=1.0
Name=Telegram
Exec=/opt/telegram/Telegram
Icon=telegram
Type=Application
Categories=Application;Network;




Vejo que existe [Desktop Entry], Version, Name, Exec, Icon, Type, Categories. Estes sete itens devem ser informados ao sistema pelo administrador. As informações formecidas variam de programa para programa.







-----------------------
INSTALAR O TOR-BROWSER NO LINUX
-----------------------



Removendo qualquer coisa previamente instalada:



sudo rm -Rf /opt/tor-browser*

sudo rm -Rf /usr/bin/tor-browser

sudo rm -Rf /usr/share/applications/torbrowser.desktop




Baixando com wget:



wget https://dist.torproject.org/torbrowser/ ... -BR.tar.xz -O tor-browser.tar.xz




Executo os comandos abaixo:



sudo tar -xvJf tor-browser.tar.xz -C /opt/



sudo mv /opt/tor-browser*/ /opt/tor-browser



sudo ln -sf /opt/tor-browser/Browser/start-tor-browser /usr/bin/torbrowser



echo -e '[Desktop Entry]\n Version=1.0\n Name=torbrowser\n Exec=/opt/tor-browser/Browser/start-tor-browser\n Icon=/opt/tor-browser/Browser/icons/updater.png\n Type=Application\n Categories=Application' | sudo tee /usr/share/applications/torbrowser.desktop




OBS:
Vejo que existe [Desktop Entry], Version, Name, Exec, Icon, Type, Categories. Estes sete itens devem ser informados ao sistema pelo administrador. As informações formecidas variam de programa para programa.




Continuando, eu executo os comandos abaixo:




sudo chmod +x /usr/share/applications/tor-browser.desktop



cp /usr/share/applications/tor-browser.desktop ~/Área\ de\ Trabalho/




Agora, para abrir pelo terminal digito:



/opt/tor-browser/Browser/start-tor-browser





-----------------------
INSTALAR O TELEGRAM NO LINUX
-----------------------



Removendo qualquer coisa previamente instalada:




sudo rm -Rf /opt/telegram*

sudo rm -Rf /usr/bin/telegram

sudo rm -Rf /usr/share/applications/telegram.desktop




Baixando com wget:



wget "https://telegram.org/dl/desktop/linux" -O telegram.tar.xz





Executo os comandos abaixo:


sudo tar Jxf telegram.tar.xz -C /opt/



sudo mv /opt/Telegram*/ /opt/telegram



sudo ln -sf /opt/telegram/Telegram /usr/bin/telegram



echo -e '[Desktop Entry]\n Version=1.0\n Exec=/opt/telegram/Telegram\n Icon=Telegram\n Type=Application\n Categories=Application;Network;' | sudo tee /usr/share/applications/telegram.desktop






OBS:
Vejo que existe [Desktop Entry], Version, Name, Exec, Icon, Type, Categories. Estes sete itens devem ser informados ao sistema pelo administrador. As informações formecidas variam de programa para programa.






Continuando, eu executo os comandos abaixo:






sudo chmod +x /usr/share/applications/telegram.desktop



cp /usr/share/applications/telegram.desktop ~/Área\ de\ Trabalho/








Bom, fico por aqui. Espero que estas anotações te ajudem o tanto quando são úteis para mim.




POR FAVOR, MANTENHA-SE CONECTADO. VOLTE SEMPRE. DICAS E SUGESTÕES SÃO MUITO BEM VINDAS. DOE DA MANEIRA QUE PUDER.






Até Breve.




.
ruy
Presente
Presente
 
Mensagens: 29
Registrado em: 06 Mai 2017, 14:57
Distribuição Linux utilizada: Puppy

Re: Guia Pós Instalação Debian 9

Mensagempor Filipe » 12 Jul 2017, 09:02

Ótimo tutorial...

Parabéns pela iniciativa!
Linux Total, uma alternativa para quem está cansado das mesmas coisas de sempre ;)
Avatar do usuário
Filipe
Administrador
Administrador
 
Mensagens: 1897
Registrado em: 27 Ago 2010, 10:10
Localização: /home/filipe/
Distribuição Linux utilizada: Ubuntu

Re: Guia Pós Instalação Debian 9

Mensagempor ruy » 13 Jul 2017, 14:03

Filipe escreveu:Ótimo tutorial...

Parabéns pela iniciativa!


Muito obrigado e valeu pelo coment!


Até Breve!

:)


.
ruy
Presente
Presente
 
Mensagens: 29
Registrado em: 06 Mai 2017, 14:57
Distribuição Linux utilizada: Puppy

Re: Guia Pós Instalação Debian 9

Mensagempor Filipe » 01 Ago 2017, 14:40

ruy...como está a usabilidade do Debian 9? Ultimamente estou usando somente ubuntu por não ter tempo de ficar ajustando o sistema ao meu gosto
Linux Total, uma alternativa para quem está cansado das mesmas coisas de sempre ;)
Avatar do usuário
Filipe
Administrador
Administrador
 
Mensagens: 1897
Registrado em: 27 Ago 2010, 10:10
Localização: /home/filipe/
Distribuição Linux utilizada: Ubuntu

Re: Guia Pós Instalação Debian 9

Mensagempor ruy » 02 Ago 2017, 05:18

Filipe escreveu:ruy...como está a usabilidade do Debian 9? Ultimamente estou usando somente ubuntu por não ter tempo de ficar ajustando o sistema ao meu gosto


.

O Debian9 está bem diferente dos anteriores. O Kernel está "abraçando" muitas máquinas e está excelente para trabalhar e navegar. Meu ponto de vista é de um usuário comum. As coisas mudaram, tá agradável mesmo usar o Debian, tá fácil customizar ele. Admito que é a primeira vez que tenho a satisfação de dizer isto, porque antes no Debian 7 e 8 não era assim. Mas eu realmente ele tá bom de usar e continua sendo um sistema operacional que ajuda a gente a aprender um monte de coisas sobre o Linux, Documentos, Imagens e Videos.

Muito obrigado pela visita e pelo comentário fico muito contente mesmo!

Valeu!

:D
ruy
Presente
Presente
 
Mensagens: 29
Registrado em: 06 Mai 2017, 14:57
Distribuição Linux utilizada: Puppy


Voltar para Artigos

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 5 visitantes

cron